Ver todas

Back

Mobilidade sustentável é o foco Michelin no IAA

16 Setembro, 2022
254 Visualizações

A Michelin vai estar presente no IAA Transportation, que terá lugar a partir de dia 20 de setembro em Hannover, na Alemanha, onde irá apresentar aos operadores e gestores de frotas como prepararem as suas empresas de forma sustentável e rentável para o futuro.

O stand da empresa será dedicado a soluções de mobilidade sustentável a partir de pneus, para pneus e para além dos pneus. “O setor dos transportes rodoviários está a enfrentar numerosos desafios. Rentabilidade, segurança, sustentabilidade, digitalização, neutralidade de carbono e ligação em rede são as grandes questões neste momento. Queremos desempenhar o nosso papel na oferta de mobilidade sustentável ao sector, e fá-lo-emos principalmente através de ideias e abordagens que vão para além do negócio de pneus convencionais”, indica a Michelin.

A Michelin está a fornecer uma série de soluções na IAA com as quais reduzir os custos globais associados às frotas e, ao mesmo tempo, reduzir a sua pegada de carbono. Por exemplo, o Michelin X Multitm EnergyTM poupa até 1,1 litros por 100 quilómetros em viagens de curta e longa distância. Este pneu oferece uma resistência ao rolamento optimizada e foi também concebido para um elevado potencial de quilometragem, duas características que aumentam o desempenho global. “Com fábricas em Valladolid e Aranda em Espanha, Alessandria em Itália, Homburg e Karlsruhe na Alemanha e Stoke-on-Trent no Reino Unido, a Michelin na Europa Ocidental tem uma vasta experiência no fabrico de pneus de transporte. Para muitos fabricantes de camiões, autocarros, carrinhas e reboques, a produção europeia é atractiva”, acrescenta a Michelin.

Dois dos principais temas da feira irão girar em torno da recauchutagem e da reciclagem. Por exemplo, a utilização do serviço especial de recauchutagem Michelin Remix e a recauchutagem de pneus de camiões com um elevado padrão de qualidade aumenta a sua capacidade quilométrica em até 150%. A Michelin diz que a recauchutagem de pneus de camiões e autocarros é um processo sustentável e amigo do ambiente e um pilar fundamental da sua proposta para os transportadores. O conceito de vida prolongada da Michelin reduz os custos para as frotas de camiões e empresas de transporte, que não têm de substituir pneus com tanta frequência, e reduz significativamente o impacto ambiental. Na sua fábrica em Valladolid (Espanha), a Michelin tem uma capacidade de produção de 400.000 pneus por ano e em Homburg (Alemanha), a Michelin tem uma capacidade de produção de até 620.000 pneus recauchutados por ano. A fábrica de camiões em Stoke-On-Trent (Reino Unido) também desempenha um papel fundamental nesta área, com uma capacidade de produção anual de até 310.000 pneus recauchutados.

PALAVRAS-CHAVE